Ayurveda e Outono, Estação Vata

O Outono é uma estação em que predominam os elementos de ar e éter, sendo, por isso, uma estação Vata. A estação Vata tem início quando o tempo começa a ficar mais fresco, perdendo as qualidades quentes do Verão (estação Pitta), e dura até mais ou menos meio do Inverno, altura em que dá lugar a Kapha. Podem ver aqui um gráfico dos doshas predominantes em cada estação do ano.

Notas: 1. podem ler também este post que escrevi sobre as alergias sazonais, dividindo-as por estações e doshas afectados, e os cuidados a ter.

2. ao longo do post, e à semelhança do que costumo fazer, como existem vários termos que podem ser desconhecidos porque que chegou agora ao blog, vou colocando a negrito algumas palavras com ligação a posts anteriores, que podem explicar melhor sobre o tema.

Desequilíbrios Vata

O aumento de éter e ar à nossa volta favorecem os desequilíbrios tipo Vata, um dosha caracterizado pelo movimento, e por ser seco, leve e frio, características que são agravadas pelos ventos secos, pelo frio e pelo tempo instável do Outono. Não nos podemos esquecer que para a Ayurveda o clima influencia o nosso corpo e a nossa saúde.

A Ayurveda corrige os desequilíbrios/doenças através dos seus opostos. Então, para esta estação, a medicina indiana sugere comidas quentes com especiarias, chás herbais também quentinhos, por exemplo, mas também ajustes no quotidiano.

Desequilíbrios Vata

Os sintomas físicos comuns ao desequilíbrio Vata, agravados por esta estação do ano, são a pele seca e descamativa, queda de cabelo, alterações gastro-intestinais, como prisão de ventre, inchaço abdominal e excesso de ar no sistema digestivo. Muito comum nesta fase do ano são também as alergias sazonais de Outono, que são alergias tipo Vata. Os sintomas apresentados são, principalmente, dor de cabeça, olhos vermelhos e com sensação de queimadura ou irritação, sinusite, bronquite e rash cutâneo. A nível mental, surgem as insónias, instabilidade emocional, ansiedade e oscilações de humor. As pessoas com desequilíbrio Vata têm tendência a ser friorentas.

Imagem retirada daqui

Dicas da Ayurveda

Para evitar a pele seca e descamativa, que é muito comum nesta fase do ano, é importante uma auto-massagem diária com óleo de sésamo morno. De preferência, massajar a pele antes do banho. Além de o óleo hidratar a pele, em junção com a massagem ajuda a eliminar toxinas.

Este dosha tem tendência para a prisão de ventre e gases, como já vimos, e por isso é importante que a massagem na zona abdominal seja feita no sentido dos ponteiros do relógio.

Já não é a primeira vez que vos falo da realização de auto-massagem no couro cabeludo e na planta dos pés antes de dormir. Utilizando óleo de sésamo, é óptima para pacificar Vata e ajudar a ter um sono mais relaxado. Além disso, esta massagem ao couro cabeludo ajuda a contrariar a tendência para a queda de cabelo e ressecamento o couro cabeludo.

O ressecamento das narinas também é muito comum. Para isto, a Ayurveda aconselha a aplicar nessa zona umas gotas óleo de sésamo antes de dormir.

De manhã, a limpeza nasal diária também é importante para evitar a obstrução nasal, ajudando também a diminuir a probabilidade de alergia Vata e os seus sintomas. Neste post podem encontrar informações sobre o Jala Neti, que é utilizado na rotina Ayurvédica para este fim, com um vídeo explicativo. E neste post podem ler mais sobre as alergias sazonais e os cuidados a ter.

É importante criar uma rotina, mantendo horários regulares para as refeições, fazendo três refeições principais (pode fazer-se um pequeno lanche entre elas), e para a hora de dormir e levantar. Vata é propício a ser instável, e ao criarmos esta rotina estamos a contrariar essa tendência.

Meditar, praticar yoga, pintar, escrever, fazer uma caminhada só por prazer… Um momento de acalmia no meio das nossas vidas muitas vezes agitadas. Isto é importante porque Vata é agravado pelo excesso de movimento, sendo essencial no Outono encontrarmos sabermos recolher-nos um pouco em sossego e contrariar a correria que muitas vezes faz parte do nosso quotidiano. Escolher posturas de yoga que favoreçam o enraizamento.

Os sentimentos de insegurança e medo estão muito ligados a desequilíbrios deste dosha, agravados quando este se encontra em excesso. Por isso, encontrar tempo e espaço para estarmos connosco, perceber como nos estamos a sentir, e trabalhar esses sentimentos, é também algo que a Ayurveda considera uma boa prática.

Manter-se quente, principalmente nas orelhas, região lombar e pés, utilizando roupas adequadas à estação.

Na roupa, acessórios e decoração do ambiente, e valendo-se da cromoterapia, a Ayurveda aconselha a utilizar cores quentes em tons mais pastel, como o vermelho, o amarelo e o laranja.

Alimentação

Por este dosha ser seco, devemos ter uma alimentação quente, nutritiva, com especiarias adequadas a este dosha, utilizando, sempre que possível, óleos na sua confecção. Podem ler mais sobre o dosha aqui, incluindo algumas dicas para a alimentação.

Os sabores aconselhados para Vata, e que devem ser os preferidos desta estação, são o doce, o salgado e o ácido, sendo preferível diminuir o consumo, por exclusão de partes, o picante, o amargo e o adstringente. Podem ler mais sobre os diferentes sabores para a Ayurveda aqui. Podem também escolher diferentes sabores na mesma refeição, como forma de encontrar “antídotos”. Por exemplo, se quiserem comer algo picante, podem acompanhar de um alimento salgado no prato principal, e comer algo doce à sobremesa.

Nota: como tenho vindo a dizer, a Ayurveda adapta os cuidados à pessoa especificamente. Uma pessoa Vata, como eu referi atrás, deve evitar sabores picantes, principalmente se também tiver tendência para desequilíbrio Pitta (agravado por este sabor). Mas isso não significa que não os possa utilizar de todo. Por exemplo, a pimenta preta e a pimenta branca podem ser consumidas, desde que em moderação, até porque os alimentos com este sabor aquecem o corpo. A malagueta e a pimenta caiena, por serem mais fortes, já não são tão aconselhadas. Mas nada como sentirmos o nosso corpo e procurar aquilo que nos faz sentir melhor.

A Ayurveda diz que tão importante como aquilo que se come, é a forma como se come, e para evitar desequilíbrios deste dosha devemos comer sem pressas, de preferência num local com um ambiente calmo.

Para as refeições principais, os cereais cozinhados, as sopas e os legumes cozinhados são as melhores opções. O arroz com açafrão da receita que coloquei há tempos aqui, ao qual ainda se pode adicionar amêndoas (por exemplo), é uma opção. Um exemplo que vejo muito para o pequeno-almoço nesta estação, é maçã cozida com canela, mas as papas de aveia também são aconselhadas. Devem evitar-se alimentos crus, frios e secos.

Beber muitos chás de ervas quentinhos. Chá de canela, de camomila ou gengibre são boas opções. Evitar bebidas frias ou com gelo. Um exemplo de chá de receita Ayurvédica é: colocar a água ao lume, e quando esta estiver a ferver adicionar 3 fatias finas de gengibre, um pau de canela e uma pitada de sementes de cominhos esmagadas. Tapar, desligar o lume, e deixar repousar por cerca de 7-10 minutos.

O leite medicado (pode ser feito com bebida vegetal) também é óptimo, principalmente no final do dia, ajudando também a favorecer o sono. À bebida, adicionar um pouco de gengibre, noz-moscada, e, se consumirem, um pouco de mel para adoçar. Bebida vegetal de amêndoa ou de avelã são óptimas para pacificar este dosha. Se fizerem a bebida vegetal em casa, podem colocar tâmaras previamente demolhadas antes de levar ao liquidificador.

Evitar a cafeína e o álcool, porque agravam este dosha.

E por agora é tudo.

Espero que gostem e que, de alguma forma, a informação possa ser útil. Refiro novamente que estes posts são informativos. Não substituem a consulta de um médico ou terapeuta adequados, principalmente em caso de doença ou antecedentes pessoais ou familiares importantes. Não esquecer também que a Ayurveda necessita do contacto com a pessoa a tratar para poder adaptar e personalizar ao máximo os tratamentos.

~ Uma excelente semana para todos ☺

Etiquetas , , , , , ,

1 comentário sobre “Ayurveda e Outono, Estação Vata

  1. TÃO bom!! OBRIGADA Por estas infos PRECIOSAS!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *